turismo sustentavel ecoturismo fundo verde

 

Acordo de Mohonk - 2000

O Instituto EcoBrasil adotou os conceitos e princípios do Turismo Sustentável e do Ecoturismo estabelecidos em Mohonk.

Em 2000, um evento internacional realizado no período de 17 a 19 de novembro, em New Paltz, Estados Unidos na Mohonk Mountain House, convocado pelo Institute for Policy Studies e promovido pela Fundação Ford, reuniu participantes de 20 paises, representando a maioria dos principais programas de certificação em turismo sustentável e ecoturismo a nível global, regional e nacional.

No evento foram discutidos e nivelados os princípios e componentes que devem fazer parte de todo programa sólido de certificação. Os participantes reconheceram que os programas de certificação de turismo necessitam ser ajustados às características geográficas locais e aos respectivos segmentos turísticos, definindo os componentes universais que devem ser lastrear todo programa de Turismo Sustentável e de Ecoturismo.


Segmentação Turística

Nem todo mundo gosta das mesmas bebidas, culinária, atividade ou automóvel. 

Como consequência, comerciantes decidiram em dividir o mercado em segmentos. Eles identificaram perfis de grupos distintos de clientes por preferências ou demandas que variam a combinação de produtos e serviços, observando as diferenças quanto a demografia, psicologia e comportamento dos clientes.

Após a identificação dos segmentos de mercado, o empresário decide por escolher as maiores oportunidades que serão seus públicos-alvo. Para cada um de seus públicos, a empresa desenvolve uma oferta que posiciona nas mentes dos públicos-alvo como fornecer algum benefício e/ou resposta às suas demandas e expectativas.

Para o Ministério do Turismo:

"a Segmentação Turística é entendida como uma forma de organizar o turismo para fins de planejamento, gestão e mercado. Os segmentos turísticos podem ser estabelecidos a partir dos elementos de identidade da oferta e também das características e variáveis da demanda."


Macro Segmentação Turística

Entendemos como "Macro Segmentação Turística" a segmentação onde residem os segmentos mais importantes e conhecidos:

  1. Turismo Urbano
  2. Turismo de Natureza (ou na Natureza) 
  3. Turismo de Praia (Sol e Mar) 

Em que são tenues as 'fronteiras' entre segmentos, uma vez que num cidade o turismo urbano e de praia se mesclam, como p. ex. numa cidade à beira mar.
 

Turismo Sustentável  

Segundo o consenso estabelecido no Acordo de Mohonk:

"Turismo Sustentável é aquele que busca minimizar impactos negativos ambientais e socioculturais, ao mesmo tempo que promove benefícios econômicos para comunidades locais e destinos."
 

Princípios do Turismo Sustentável

Todo processo de Certificação em Turismo Sustentável deve levar em conta, onde apropriado, os seguintes aspectos e princípios que a empresa turística deverá observar:


Aspectos Gerais (Operacionais)

  • estar comprometida com o manejo ambiental
  • promover a promoção e venda de produtos responsáveis e autênticos que atendam a expectativas realistas
  • promover a retro alimentação de sua clientela
  • saber avaliar eventuais impactos negativos sociais, culturais, ambientais e econômicos, inclusive estabelecendo estratégias para manejo e mitigação
  • seus funcionários deverão estar capacitados, educados, responsáveis e ter conhecimento e consciência sobre manejos ambiental, social e cultural
  • ter mecanismos para monitorar e relatar seu desempenho ambiental.


Aspectos Ambientais

  • controlar a emissão de ruídos e gases
  • estar adequadamente implantada com relação ao ambiente natural
  • evitar danos ao local ao implementar o paisagismo ou a recuperação do ambiente natural relativamente à situação original
  • evitar impactos visuais e luminosos
  • fazer uso sustentável de materiais e insumos - recicláveis e reciclados - produzidos localmente
  • minimizar a produção de dejetos e assegurar sua adequada disposição
  • minimizar os impactos ambientais de sua operação
  • promover a conservação da biodiversidade e a integridade dos ecossistemas
  • promover a redução e o uso sustentável de água
  • promover a redução e o uso sustentável de energia
  • promover o adequado tratamento e disposição de águas residuais
  • promover o manejo adequado da drenagem, solo e águas pluviais


Aspectos Sócio-culturais

  • adquirir, utilizar e manter a posse de terras de forma apropriada
  • possuir mecanismos para assegurar o reconhecimento dos direitos e aspirações de comunidades indígenas e locais
  • possuir medidas para proteger a integridade da estrutura social das comunidades locais
  • promover impactos positivos (benefícios) na estrutura social, cultural e econômica local (a níveis local e nacional)


Aspectos Econômicos

  • estabelecer mecanismos de forma a assegurar que as relações trabalhistas e as práticas industriais sejam justas e estejam em conformidade com a legislação
  • estabelecer mecanismos para minimizar impactos econômicos negativos e maximizar benefícios econômicos para a comunidade
  • fomentar contribuições para a manutenção do desenvolvimento da infra-estrutura comunitária
  • utilizar-se de práticas éticas comerciais
 
Ecoturismo
 
"O Ecoturismo é Turismo Sustentável em áreas naturais, que beneficia o meio ambiente e as comunidades visitadas e que promove o aprendizado, respeito e consciência sobre aspectos  ambientais e culturais."
 

Princípios do Ecoturismo

Além dos critérios e princípios do Turismo Sustentável, o Ecoturismo deverá:

  • promover as experiências pessoais com a natureza para um melhor aprendizado e respeito
  • interpretar e conscientizar sobre os aspectos naturais e sócio-culturais locais
  • contribuir ativamente para a conservação de áreas naturais e da biodiversidade
  • promover benefícios econômicos, sociais e culturais para as comunidades locais
  • promover a participação das comunidades no turismo onde for apropriado (p. ex. criando postos de trabalho e oportunidade de negócios)
  • fazer com que a infra-estrutura, atrativos e programas sejam harmônicos e compatíveis com o entorno local
  • valorizar as culturas locais e tradicionais, minimizando eventuais impactos negativos

 

Assuntos Relacionados